ANO NOVO, VIDA NOVA?

Share:

Eu amo começo de ano, principalmente no Brasil. Adoro as festas de Reveillon, o povo vestido de branco, os dias de folga, o calor, os planos, as promessas e a esperança de que o ano que chega vai ser ainda melhor que o anterior.

A virada no calendário é um ótimo incentivo para começarmos de novo, fazer diferente e essa energia é necessária para termos a sensação de renovação. Só que uma coisa é fato: o ano novo não muda a vida de ninguém.

Estatísticas mostram que 95% das pessoas que fizeram uma promessa ou resolução de fim de ano desistem até o dia 15 de janeiro. Isso mesmo, apenas duas semanas depois do ano novo ele já se parece com o velho.

Por que é tão difícil manter uma resolução de fim de ano?

Resolução é algo que você resolve, certo? Eu acredito que não seguimos em frente porque não resolvemos de verdade.

Nós desejamos, achamos que seria legal se aquilo acontecesse, mas na maior parte das vezes não agimos ou fazemos todo o sacrifício necessário para conseguir. Aliás, quando as dificuldades aparecem é justamente quando desistimos.

Para que algo aconteça na nossa vida, para valer, é preciso tomar uma DECISÃO e AGIR.

Não adianta querer algo e não fazer nada para conquistar. Não adianta sonhar, mas lá no fundinho achar que aquele sonho não é para você. Não adianta acreditar na lei da atração e achar que você vai mentalizar sua nova vida sentado no seu sofá e as coisas vão acontecer. Não, não vão.

Para agir, você precisa saber ou definir quem você é.

São as nossas crenças sobre quem somos que muitas vezes nos impedem de agir. 

Se você acredita que a sua natureza é ser gordinha ou que você tem ossos pesados, você nunca vai ser uma atleta. Se você acredita que porque você nasceu pobre esse é o seu destino, você nunca vai ser rico. Se você acha que viajar pelo mundo seria maravilhoso, mas que você não é corajoso o bastante, você nunca vai viajar. Parece simplista, mas é a pura verdade.

Nós somos os responsáveis por escolher quem vamos ser. Muito nova eu escolhi que queria ser diretora em uma das maiores agências do Brasil e eu fui.

Depois, escolhi ser uma nômade digital. Eu não tinha muito dinheiro, não tinha um emprego e nem ideia do que estava fazendo, mas eu decidi e agi porque sempre acreditei que eu poderia ser tudo o que eu quisesse, pois só dependia de mim.

Felicidade = Progresso.

Mudanças só são consideradas boas se nos fazem progredir. Isso é o que todo mundo que quer “mudar” deseja. É a sensação de progresso, de que estamos melhorando e evoluindo que nos faz feliz.

Porque vocês acham que tanta gente, principalmente na casa dos 30, está querendo chutar o balde, largar o trabalho para viajar? Porque as pessoas estão se sentindo estagnadas e acham que viajar vai fazê-las sair do lugar e progredir

Uma viagem nos ensina muito, mas a grande verdade é que quando você decide largar tudo e viajar, pedir demissão para abrir um negócio ou mudar de carreira, é essa decisão que te coloca automaticamente em outro patamar.

Quando você muda, evolui, você deixa de se contentar com o básico, com a vida que levava antes. Não é a viagem somente que faz isso, é você, é o seu novo jeito de encarar o mundo que muda. A viagem é só um veículo para isso.

É a decisão de mudar seguida da ação que leva ao resultado e você só consegue agir quando você toma uma decisão real, verdadeira, do fundo a sua alma.

Você só vai agir quando quiser algo mais do que tudo na sua vida. Por isso eu sempre digo, se você não consegue realizar um sonho, é porque você não quer o suficiente.

Aí você me pergunta. E se meu sonho é arrumar um namorado? Para muita gente isso é algo que não podemos controlar, certo?

Só que se você não consegue arrumar um namorado, existe algo em você, no seu jeito de ser e de perceber as coisas que está afastando os caras ou as meninas, sem que você se dê conta.

Será que você realmente está empenhada em ser uma pessoa melhor para arrumar um namorado bacana? Ou está apenas cuidando da aparência e comprando roupas bonitas esperando o príncipe encantado aparecer para vocês serem felizes para sempre?

Nada na vida vem fácil e temos inúmeros fatores externos para atrapalhar a conquista dos nossos objetivos. Mas quando eles viram uma decisão, nada vai impedir você de realizar. Nada!

A economia do país pode ir para o ralo, você pode levar um fora, ficar desempregado, mas se você decidir de verdade que vai ser diferente, você vai encontrar um jeito de fazer isso acontecer, eu garanto!

Mas agora, chega de falatório e vamos para a AÇÃO que é exatamente o grande objetivo desse texto. Eu vou propor um exercício que eu aprendi em um dos programas do Tony Robbins:

Parte 1

1) Escolha uma área da sua vida que você gostaria de melhorar e escreva – de preferência em um papel – como essa área é HOJE.

2) Escreva quais são os hábitos ou rituais que você tem que contribuem para essa área ser do jeito que é. 

Exemplo:

1) Perder peso. Não me sinto bem nas minhas roupas, tenho vergonha de colocar um biquini na praia. Quando saio com as minhas amigas acho todas mais bonitas do que eu porque estou acima do peso. Não me sinto confiante quando tiro a roupa e isso interfere na minha vida sexual.

2) Sou sedentária e só de pensar em fazer exercícios físicos eu fico cansada. Não vivo sem açúcar. Não gosto de saladas e como um docinho todos os dias depois do almoço. Trabalho até tarde e acabo comendo porcaria porque é mais fácil.

Parte 2

1) Escreva o que você quer. Mas não escreva como se fosse só um desejo. Visualize como você gostaria de ser. Pegue uma foto como referência. Seja o mais específico possível nos detalhes e se coloque uma meta.

2) Agora, escreva quais são os hábitos que você precisa ter ou os rituais necessários para fazer essa sua visão se tornar realidade. O que você precisa fazer diferente todos os dias para que consiga conquistar o que você quer?

Exemplo:

1) Quero perder 12Kg. Quero ficar forte e ter condicionamento para correr, escalar uma montanha em uma viagem e usar um vestido branco e colado no Reveillon do ano que vem. Não preciso ficar sarada, mas quero ter mais energia.

2) Reeducação alimentar, não dieta. Eliminar açúcar e produtos industrializados que fazem mal e contém muito sódio. Fazer exercícios 5 vezes por semana. Não importa se por 10 minutos ou 1 hora. Não importa se é começar a correr ou subir as escadas em vez do elevador. Vou me comprometer com alguma atividade todos os dias.

Depois de tomar a decisão e agir, são os seus hábitos que farão você continuar evoluindo.

Decidir, agir e não criar o hábito pode até trazer uma mudança no curto prazo, mas vai exigir muita força de vontade e este é um recurso limitado. Força de vontade não dura, hábitos são o que te levam para frente e realmente mudam a sua vida.

Quais são os hábitos que você precisa mudar para ter a vida que você sempre quis? Comece HOJE, porque a vida não vai te esperar.

Espero que esses exercícios te ajudem a começar o ano de forma diferente, decidido a realizar seus sonhos!

Share:

logo inbox

Assine a newsletter e receba um conteúdo exclusivo no seu e-mail!

Ao clicar em “inscrever-se”, você concorda em receber e-mails do Fê-liz com a vida e aceita nossos termos de uso, política de privacidade e cookies.